Associação para o desenvolvimento saudável e sustentável do ser humano

segundo os princípios de respeito para com a Vida, para com o Natureza e para com o Universo

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Dia 25 às 19:00h - Círculos no Feminino


DIA MUNDIAL DA TERRA - 22 DE ABRIL



http://www.suapegadaecologica.com.br/

Teste a sua Pégada Ecológica


Pegada ecológica:
conceito, cálculo e reflexão


Alguma vez você já pensou na quantidade de
natureza necessária para manter o seu estilo de
vida?
 Já imaginou avaliar o impacto no planeta
das suas opções no dia-a-dia, daquilo que você consome e dos resíduos
que você gera?

 Com este questionário da sua pegada ecológica você
conhecerá esse impacto.

A pegada ecológica individual mede o quanto a presença de
cada pessoa no mundo consome dos elementos que compõem o nosso espaço de vida e existência
(elementos geralmente vistos como recursos naturais), com vistas ao atendimento das necessidades
que elege para sua vida em sociedade.

 Como critério para reconhecimento das condicionantes do
nosso estilo de vida, a pegada ecológica coletiva pode ser comparada com a capacidade da natureza
de renovar esses elementos – componentes bióticos e abióticos do meio ambiente.

 A pegada
ecológica de um país é a área total requerida para a produção de todas as demandas de consumo de
sua população, incluindo alimentação, vestuário, educação, saúde, cultura, trabalho, moradia,
transporte, comunicação, entretenimento etc., as quais implicam exploração da natureza no que diz
respeito a matéria prima, a energia, a água, a terras agricultadas, a áreas urbanizadas e, ainda, a
bolsões de absorção dos resíduos gerados por todas as etapas implicadas neste processo antrópico
geral. Portanto, em decorrência do ato de consumir produtos e serviços diariamente, a população
mundial consome componentes ecológicos do planeta como um todo, de modo que a pegada
ecológica da humanidade é a soma de todas essas áreas implicadas, onde quer que elas estejam no
planeta.
Este teste calcula a sua pegada ecológica individual, fazendo uma estimativa da quantidade
da área requerida para prover a demanda por produtos e serviços que atenda as necessidades que
você tem elegido, pelos meios que você tem escolhido, ou seja, para prover o seu estilo de vida
pessoal, em todos os aspectos acima considerados. Circule a opção que melhor se aplique a você e
some os pontos no final.
ATENÇÃO: embora os resultados sejam uma estimativa e o índice “pegada ecológica”
tenha naturalmente limitações, o resultado pode ser muito importante para a busca de viabilização
de um consumo que venha a ser socioambientalmente responsável como decorrência de ser um
consumo reflexivo, que busque seu sentido como ação cultural que transforma o mundo e que o faz
conscientemente, na construção responsável da História.
Nessa busca, há que se refletir sobre o sentido do ato de consumir, um exercício muito
difícil de se realizar no contexto contemporâneo da sociedade de massa e globalizada. Tal reflexão,
que analisa o sentido do ato de consumir, do “meu ato de consumir” – do indivíduo –, poderá
verificar como nossas ações no campo do consumo têm carecido de autonomia, como essas ações
muitas vezes têm sido reduzidas a meros comportamentos orquestrados virtualmente, como nossa
identidade vem sendo construída sob tão forte influência do mundo social e sob um evidente
esmaecimento da nossa capacidade de resistência subjetiva às pressões culturais do nosso contexto,
o que tem implicações políticas importantes, as quais vêm reduzindo o cidadão a mero consumidor.
Para a análise em questão, sugerimos revisão dos conceitos básicos discutidos no encontro de 30 de
2
junho, com destaque para sociedade de consumo estruturalista/individualista/culturalista, consumo
conspícuo/inconspícuo, consumo irreflexivo/reflexivo, publicidade, consumo responsável/
sustentável/consciente e comportamento/ação individual/ação coletiva. É evidente que outro aspecto
central para essa reflexão é a crise socioambiental contemporânea, considerando as várias
dimensões da análise que são necessárias para compreender suas causas, seus efeitos e suas
perspectivas de evolução, numa busca de soluções pautadas por valores que propiciem resistência
ao império da racionalidade técnica, utilitária, competitiva, estratégica, individualista e fetichista, a
qual tem predominado no nosso dia-a-dia, seja em nosso mundo interno, subjetivo, seja em nossas
vivências com o mundo externo, social e objetivo.
Assim, na dificuldade de exercermos um consumo com sentido – que adviria de reflexões
que considerassem a complexidade da realidade atual e que buscassem apoio em valores
humanitários para legitimar-se –, acabamos por exercer um consumo consentido – que, de um lado,
é consentido pelo modelo de produção capitalista, como meio para manter seus fins contemplados
(o que em suma se trata de garantir aumento permanente das taxas de produção e de acumulação do
capital), e, de outro lado, é consentido por nós mesmos que, enquanto sujeitos e enquanto
coletividade, vamos adotando estilos de vida de pouca resistência à pressão consumista, o que tem
permitido o contínuo acirramento da crise socioambiental.
QUESTIONÁRIO
�� MORADIA
�� ALIMENTAÇÃO
Quantas pessoas moram na sua casa?
a) 1.........................................................30
b) 2.........................................................25
c) 3.........................................................20
d) 4.........................................................15
e) 5 ou mais...........................................10
Qual o sistema de aquecimento de água
da sua casa?
a) Gás natural..........................................30
b) Eletricidade.........................................40
c) Fontes renováveis (solar, eólica).........0
Quantas torneiras há na sua casa?
a) Menos de 3............................................5
b) 3 a 5.....................................................10
c) 6 a 8.....................................................15
d) 9 a 10...................................................20
e) Mais de 10...........................................25
Em que tipo de moradia você vive?
a) Apartamento........................................20
b) Casa.....................................................40
Quantas refeições de carne ou peixe
você come por semana?
a) Nenhuma...............................................0
b) 1 a 3.....................................................10
c) 4 a 6.....................................................20
d) 7 a 10...................................................35
e) Mais de 10...........................................50
Quantas vezes por semana você come em casa?
a) menos de 10.........................................25
b) 10 a 14...................................................20
c) 15 a 18...................................................15
d) Mais de 18.............................................10
Procura comprar alimentos produzidos
localmente?
a) Sim........................................................25
b) Não......................................................125
c) Às vezes.................................................50
d) Raramente............................................100
3
�� TRANSPORTE
�� CONSUMO
�� RESÍDUOS
Que tipo de automóvel você tem?
(não responda se não tem)
a) Moto......................................................35
b) Carro de baixa cilindrada......................60
c) Carro de alta cilindrada.........................75
d) Carro de luxo......................................100
e) Caminhonete.......................................130
Como vai trabalhar diariamente?
a) De carro.................................................60
b) De carona..............................................30
c) Com transportes publicos......................15
d) De bicicleta ou a pé.................................0
Quantos quilômetros tem que percorrer
de carro para chegar ao seu trabalho?
(caso não use carro não responda)
a) Menos de 10............................................10
b) Entre 10 e 30...........................................20
c) Entre 30 e 50...........................................30
d) Entre 50 e 100.........................................15
e) Mais de 100...............................................0
Para onde viajou nas ultimas férias?
a) Nenhum lugar.............................................0
b) Viajou pelo país........................................10
c) Viajou no Mercosul...................................20
d) Viajou outros países da América do Sul...30
e) Viajou aos EUA, Europa ou mais longe...50
Em quantos fins-de-semana por ano você viaja
de carro (mínimo de 20 Km de distância)?
a) 0..................................................................0
b) 1 a 3..........................................................10
c) 4 a 6..........................................................20
d) 7 a 9..........................................................30
e) Mais de 9..................................................40
Quantas compras significativas você (ou teus pais)
fez (ou fizeram) em 2006?
(ex: TV, vídeo, computador, móveis, etc...)
a) 0...................................................................0
b) 1 a 3...........................................................15
c) 4 a 6...........................................................30
d) Mais de 6...................................................45
Costuma comprar produtos de baixo
consumo de energia?
a) Sim................................................................0
b) Não..............................................................25
Procura reduzir a produção de resíduos?
(ex: evita adquirir produtos com muita embalagem,
reutiliza papel, evita sacolas plásticas, etc...)
a) Sempre.........................................................0
b) Às vezes.....................................................10
c) Raramente..................................................20
d) Nunca.........................................................30
Pratica compostagem com os resíduos
orgânicos que gera?
a) Sempre......................................................0
b) Às vezes..................................................10
c) Nunca......................................................20
Você faz coleta seletiva do lixo?
a) Sempre.....................................................0
b) Às vezes.................................................10
c) Raramente..............................................20
d) Nunca.....................................................25
Quantos sacos de lixo (100 litros)
sua casa produz por semana?
a) 1.................................................................10
b) 2.................................................................20
c) 3 ou mais...................................................30
4
Como interpretar o resultado?
TOTAL OBTIDO PEGADA ECOLÓGICA
até 75 menos do que 2 ha *
entre 75 e 150 entre 2 e 4 ha
entre 150 e 400 entre 4 e 6 ha
entre 400 e 600 entre 6 e 8 ha
entre 600 e 800 entre 8 e 10 ha
maior do que 800 maior do que 10 ha
* : 1 ha (hectare) equivale a 10.000 m2 ou um quarteirão urbano de 100 m por 100 m.
Em termos de comparação, a pegada ecológica média no Brasil é 2,2 hectares por pessoa,
enquanto que em Bangladesh é 0,6 hectares por pessoa e nos EUA é 12,5 hectares por pessoa!
Mundialmente, estima-se que existam 1,8 hectares de área produtiva disponível para cada pessoa.
Portanto, se você dividir o número de hectares da sua pegada ecológica por 1,8 obterá o
número de planetas Terra que precisaríamos caso todos as pessoas do mundo tivessem uma pegada
ecológica semelhante à sua. Vale refletir sobre isso! Seguem algumas frases sugestivas para
também subsidiar sua reflexão. É importante que ela seja feita individualmente e coletivamente e
que considere que a redução de nosso impacto ambiental (pegada ecológica), em geral, implica
revisão na maneira como definimos nossas necessidades e como escolhemos os meios para atendê - las,
pois:
 COMO CONSUMIMOS ���� COMO PRODUZIMOS ���� COMO IMPACTAMOS.

Você poderá também fazer o teste no endereço eletrônico: http://www.earthday.net/footprint/index.asp
Este questionário foi adaptado. O conceito “Pegada Ecológica” foi utilizado pela primeira vez em 1992 por
William Rees, Professor na British Columbia University. O método foi desenvolvido pelo próprio, em coautoria
com Mathis Wackernagel no livro, “A nossa Pegada Ecológica – Reduzir o Impacto Humano
na Terra (Our Ecological Footprint – Reducing Human Impact on the Earth) de 1996.
“Nos últimos 30 anos, a pegada ecológica da
humanidade aumentou a ponto de exceder a
capacidade biológica da Terra em torno de 20%!
Esse excesso, além da capacidade que a biosfera
tem de manter a vida, depleta o capital natural do
planeta, e portanto só é possível por um período
limitado de tempo.”

Worldwatch Institute
“A terra e a humanidade estão em
perigo. Há sinais de alerta em todos os
continentes. Somos todos responsáveis.
Não podemos dizer que não sabíamos.”
Jacques Chirac, Presidente da França

“Nós devemos ser
o que queremos ver.”
Mahatma Gandhi

“A educação deve ajudar o homem
 a inserir-se criticamente
no processo histórico e libertar-se,
pela conscientização, da síndrome
do ter e da escravidão do
consumismo.”
Paulo Freire


Pode ler, no noso Blog, acedendo à página Temas artigos sobre Ecologia Profunda